Tipos de Vidros para Esquadrias de Alumínio: Monolíticos e Temperados

Nesta última parte, vamos ver como funcionam os dois últimos tipos de vidros utilizados em conjunto com as esquadrias de alumínio. Até então, vimos o quanto eles utilizados em conjunto com o metal em diversos setores, visando a beleza e o bem estar, e como os vidros insulados e laminados. E vale ressaltar que, independente dos tipos, é importante procurar uma consultoria especializada para uma compreensão completa do ambiente, e assim fazer a melhor escolha. A jar oferece esse tipo de assessoria, não deixe de acessar nosso site e fazer um orçamento.

Dito isso, vamos aos tipos.

Monolíticos

São os vidros padrão, utilizados em praticamente em qualquer setor há centenas de anos. Basicamente, o vidro é produzido em fábrica, através da exposição de grandes quantidades de areia misturadas a outros materiais em altas temperaturas, derrentendo-se e condensando-se em um material sólido. Para ganhar maior resistência, ele cosuma ser temperado, como veremos a seguir.

 

Temperados e Semi-Temperados

Após o processo de produção, os vidros podem passar por um novo processo de choque térmico, ao qual ganha mais resistência e assim torna-se temperado. Além de mais resistentes, sua espessura costuma diminuir, o que é recomendado para ambientes em que os tamanhos serão maiores e mais difíceis de se lidar.

 

Sobre o autor

jarmetal

Empresa especializada em projetos de estruturas metálicas. Produção, instalação e manutenção de climatizadores para ambientes comerciais e industriais. Produção e Instalação de Esquadrias de alumínio personalizadas.