Abundância e Extração do Alumínio

Continuando nossa pequena série sobre propriedades do alumínio que o fazem ser utilizadas com tanta frequência e vários setores do mercado, hoje falaremos da abundância e dos meios de extração do metal, que o fazem ser muito procurados pela economia e facilidade de acesso. O Alumínio é o terceiro elemento em maior abundância no planeta, perdendo apenas para o Oxigêncio e o Silício. Contudo, comercialmente a única maneira de se utilizá-lo é através da extração da bauxita, embora já estejam buscando outras formas de extração do metal, como o que se encontra no fundo do oceano, por exemplo.

 

Tipicamente encontrada em regiões de clima tropical ou subtropical, a bauxita é consequência direta do itemperismo e da lixivação de várias rochas. Devido a estes processos geológicos, a rocha é rica em óxido de alumínio, o que facilita sua extração para uso na indústria.

O Brasil é a terceira maior fonte de bauxita no mundo, ficando atrás de Chuna e Austrália, cuja produção representa 33% da montante mundial. Dentro do país, os principais estados com fontes abundantes de bauxita são o Pará e Minas Gerais. Aliás, este último continua sendo o maior produtor de minérios das mais variadas aplicações, sendo o grande foco da indústria.

Sobre o autor

jarmetal

Empresa especializada em projetos de estruturas metálicas. Produção, instalação e manutenção de climatizadores para ambientes comerciais e industriais. Produção e Instalação de Esquadrias de alumínio personalizadas.